- Ache os Cursos e as Faculdades certas para você! Clique aqui!

- Bolsas de Estudo - são mais de 1.200 faculdades oferecendo descontos de até 75%! Saiba mais!

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Home : notícias

Na PUCMinas, Feira e Seminário de Economia Popular Solidária, na próxima semana (6 a 9/05)

Fonte: Imprensa PUCMinas

28/04/2015


Nos dias 6 a 9 de maio (9h às 21h; no sábado, 9h às 13h), o campus Coração Eucarístico da PUCMinas recebe 80 grupos de expositores para a Feira de Economia Solidária. Será em frente ao Teatro João Paulo II (prédio 30). O evento, em seu sexto ano, terá barracas que comercializarão cosméticos, sabonetes decorativos, patês, bolos, bombons, bolsas, confecções, artesanato em feltro, caixas decoradas, entre outros. A entrada é gratuita e aberta ao público. Durante todos os dias, haverá apresentações culturais.


Neste ano, o tema Economia Popular Solidária será debatido em seminário nos dias 7 e 8 de maio, também no teatro. O evento é aberto a toda a comunidade e contará com a participação de representantes dos governos federal e estadual, da Rede de Gestores de Políticas Públicas de Economia Popular Solidária (EPS), do Fórum Brasileiro de EPS, especialistas, acadêmicos e integrantes do movimento. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas pela internet. As vagas são limitadas.


A feira e o seminário de Economia Popular Solidária são uma realização da PUC Minas, por meio da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), da Arquidiocese de Belo Horizonte, através do Vicariato Episcopal para Ação Social e Política (Aspa), do Fórum Mineiro de Economia Popular Solidária e da Sedese. O evento também conta com o apoio do Ceduc Virgílio Resi, Instituto Marista de Solidariedade, Instituto Pauline Reichstul, Fórum Permanente Mineiro das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Fopemimpe) e Secretaria de Cultura e Assuntos Comunitários (Secac) da PUC Minas.


Economia popular solidária


Sustentabilidade e solidariedade. Essas são premissas da economia popular solidária, estratégia contra o desemprego e a pobreza. São trabalhadores organizados de forma coletiva, com o objetivo de produzir trabalho e riqueza, promovendo a inclusão e o desenvolvimento econômico, social e cultural de maneira sustentável e democrática. A feira surgiu no contexto da Campanha da Fraternidade, em 2010, que teve como tema Economia e Vida. Além de oferecer um espaço de comercialização para os integrantes do Fórum Mineiro de Economia Popular Solidária, também eram ministradas oficinas aos artesãos sobre gestão, comercialização, leis, entre outros assuntos.


Em 2014, surgiu a proposta de transformar a feira em um espaço de produção, reflexão e socialização do conhecimento relacionado ao movimento de economia popular solidária, sendo um catalisador para o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos solidários e para o aprimoramento das políticas públicas governamentais.


Mais informações, pelo e-mail: comunic.proex@pucminas.br  ou pelo telefone (31) 3319-4373.





Versão para impressão     Enviar para um amigo